terça-feira, 30 de dezembro de 2008

Torta de abacaxi

Essa torta ficou uma MARAVILHA!!! Fiz no Natal e vou repetir amanhã!
A massa é de nozes hidratadas com passas brancas. O creme é de manga com damascos. O recheio é de polpa de coco fresco batido com mamão. Misturei a esse creme quadradinhos de abacaxi fresco e manga. O abacaxi da cobertura foi desidratado por 4 horas. Fiz algumas horas antes e coloquei na geladeira. Muuuito bom...

segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Pinktabulac

Trigo para kibe hidratado com rejuvelac de beterraba, sauerkraut de repolho roxo, ameixas desidratadas, sal de aipo, azeite extra virgem, gengibre, aceto balsâmico e ruculas. Pink, leve e delicioso!!!

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Delícia de coco

Coco fresco ralado misturado com pedacinhos de abacaxi, uma rodela de abacaxi para enfeitar e morangos orgânicos para arrematar. Só faltou o sol pra acompanhar!

sábado, 13 de dezembro de 2008

Energy soup IX

É assim mesmo, sempre que aparece alguma coisa nova , mergulho numa pesquisa para conhecê-la e torná-la parte do meu cotidiano. As possibilidades são tantas... misturar muuuitas folhas, fermentados, flores, legumes frescos, desidratados, frutas e gostar disso... algumas vezes dá tudo certo, em outras, nem tanto. Essa ficou linda e uma delícia, mesmo com esse verde bizarro.
1Maçã, grama de trigo, abacate, muita salsa, chicórea, limão, alga dulse e cenouras para enfeitar.

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Labirinto

Será que dentro do meu labirinto de alho poró também habita um minotauro? Será que se habitar, há uma Ariadne por aí segurando a outra ponta do fio pra me guiar? Seria ótimo!!!

sábado, 6 de dezembro de 2008

Couscous marroquino

Para um amigo "nadakrud", o jeito é apelar... Hidratei o couscous* com rejuvelac de repolho, coloquei um vegekraut de cenoura, salsa, passas, nozes, azeite, sal, pimenta dedo de moça e cebolas picadas e, para ajudar a transmutar, essa florzinha de mangericão roxo... Ele adorou! hehehh

* o couscous marroquino é um alimento pré-cozido e não me interessa como krudívora. Mas, assim como o trigo para kibe, uso-os de vez em quando, hidratados com rejuvelac.

quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Pupunha

Esse é meu primeiro contato com o palmito de pupunheira. Tentei fazer um macarrão seguindo uma dica da Ludimila, chef do restaurante Zucca. Ele realmente tem um sabor bem agradável, é relativamente macio para comer cru e não senti dificuldade para digeri-lo. Só não ficou macio como um macarrão de abobrinhas. Talvez, se corta-lo mais fino, se amorná-lo, se deixar marinando... Ôôba, muuita diversão pela frente!