domingo, 16 de agosto de 2009

Triste

Pão dos essênios, pasta de amêndoas com pimentão, abobrinha, tomates cereja, rúculas da Angela, cenouras e muitos temperinhos para tentar alegrar um dia sinistro...
Precisei chegar até essa idade para entender porque ficamos sem fome quando acontece algo que esfarela a harmonia da vida. Comer é prazer, prazer é sintonia com o belo e contato com a alma, com a vida e a luz. Quando a presença da morte se impõe, tudo muda de sentido e o comer perde as referencias conhecidas ...

Um comentário: