segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Calabresas

Não sou adepta de pimentas secas. Prefiro mil vezes as frescas e gosto em especial da dedo de moça que uso em quase todas as receitas. Mas, vi um queijo Boursin envolvido em pimentas e resolvi fazer uma versão krud a partir de uma ricota de girassol com cenouras. Triturei gergelim germinado com pimentas calabresa e envolvi o queijinho. Coloquei para desidratar por 4 horas e servi com pão dos essênios. Ficou uma delícia mas muito forte. Vou pensar uma maneira de empanar com pimentas frescas porque depois de dois dias ainda sinto meu fígado reclamando...

Um comentário:

Emilia disse...

Inês, que máximo! Deu uma fome!
Tem tanto pra ler aqui, e as imagens estão lindas.
Me dá uma dica: estou com muitos tomatinhos cereja que, mesmo quando bem vermelhos, estão insuportavelmente ácidos. O que faço? Um gaspacho? bj, Emilia